Não aderir às massas

Vidência – Vi várias cenas de Jesus antes de ser crucificado. O vi pregando para as pessoas nos campos. Notei que Suas palavras tocavam os corações de poucos; e outros, ficavam indiferentes ao que o Mestre falava.

Na Sua crucificação, as pessoas que ficavam indiferentes foram as mesmas que jogaram pedras.

Eis a mensagem:

Irmãos, Paz do Amado Jesus.

Vemos nos dias atuais, como nos tempos do Mestre Jesus, a violência, o egoísmo e a intolerância recrudescendo. Porém, no passado, antes que os homens por meio do poder e da barbárie, dessem um fim a humanidade, o Mestre veio, e com amor e doçura, trouxe ensinamentos elevados que tocavam as mentes e os corações dos irmãos que buscavam mudanças.

Mas, mesmo em meio a essas lindas Lições, Ele foi martirizado, julgado e crucificado; mas, antes de tudo, foi condenado pelo povo que O ouvia, mas não compreendia Suas palavras.

O tempo passou, e hoje, com um exame apurado das multidões, nota-se que aqueles que pediam por Barrabás, são os mesmos que hoje clamam por justiça, pelo cumprimento das leis e não são ouvidos.

A barbárie volta aos poucos com os mesmos requisitos de crueldade.

No entanto irmãos, o Enviado do Cristo não voltará fisicamente para que os homens aprendam a amar. Ele guia Seus irmãos; os sãos e os doentes da alma, conforme seu merecimento; e como bálsamos, envia Seus seguidores para que transmitam Seus ensinamentos, e desta forma, toquem novamente os corações dos que estão prontos para transformação.

Amigos, a Justiça Divina não aprisiona, não condena e não relega o Ser em evolução, a pagar seus débitos infinitamente. Ela é perfeita e equânime, de acordo com o “crime” pratica e o seu mentor.

Portanto, o Mundo não está à deriva, apenas seguindo o cumprimento justo do que foi elaborado, para o ápice das mudanças.

Não aderir às massas, resistir à influência dos “irmãos” que sobem dos Abismos, deve ser um exercício constante dos direitistas que não querem perder o rumo da libertação, nos momentos finais da “encarnação chave”.

Quanto mais o tempo passa, mais difícil será sobreviver em meio às feras, de forma que, esta é a hora propícia de firmarem-se como “seguidores” do Amado Mestre Jesus.

Que a Luz os acompanhe nesta hora de mudança.

Ezequiel

GESH – 23/05/2014 – Vitória, ES – Brasil

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s