Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles

Longa-metragem estréia nos EUA neste final de semana.

 

Pessoal, impressionante! Mais um filme profetizando a destruição de Los Angeles! Com mais este, já passam de 10 por baixo, os filmes que lembro com situações dramáticas em LAX! É, não irá demorar muito mesmo… Que eles estejam preparados…

Los Angeles é a última grande cidade de pé após uma invasão extraterrestre que deixa o planeta em ruínas, segundo o roteiro do filme apocalíptico Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles [Battle: Los Angeles], mas os produtores da obra que chega nesta sexta-feira (11) aos cinemas norte-americanos alegam que a nova ficção científica de Hollywood é baseada em uma história real.

A guerra entre marines do Exército dos Estados Unidos contra alienígenas que atacam o planeta Terra com o objetivo de destruição pode ter registrado o primeiro episódio, ainda inexplicável, há 69 anos nos céus do sul da Califórnia, segundo um painel de especialistas em UFOs convocado pelo estúdio Sony – distribuidor do filme – para comentá-lo. "Pode de alguma maneira ser uma realidade, não na forma de guerra, mas… por que não? De uma aproximação de UFOs da Terra", afirmou à AFP Robert Salas, militar da reserva do Departamento de Defesa, que revelou um incidente com um objeto voador não identificado em Montana (noroeste dos Estados Unidos), em 1967.

O filme é protagonizada por Aaron Eckhart, Michelle Rodriguez (da série Lost), Ramon Rodriguez, Bridget Moynahan, Ne-Yo e Michael Peña. O foco é uma invasão de alienígenas na costa de Santa Mônica, ao oeste de Los Angeles. Com 116 minutos de ação no mais puro estilo de Hollywood, o filme tem todos os elementos de um longa de guerra contra extraterrestres: incessantes explosões, cenas de pânico coletivo na praia e pelas ruas da cidade, estradas atacadas por seres desconhecidos e soldados heróicos.

Mas a maior curiosidade fica por conta da frase "inspirado em fatos reais", que abre o filme do sul-africano Jonathan Liebesman. No dia 25 de fevereiro de 1942, um grupo de civis observou objetos não identificados sobrevoando os céus do sul da Califórnia. O fato aconteceu poucos meses depois do ataque japonês à base de Pearl Harbor e provocou uma resposta dos militares americanos, o que criou a lenda.

"As pessoas que estavam na rua naquela noite juram que não era um avião nem um balão, afirmaram que era um UFO. Flutuava, deslizava. E até hoje, ninguém pode explicar o que era aquela nave. Por que nossos mísseis antiaéreos não conseguiram atingi-la? É um mistério que nunca foi solucionado", afirmou o renomado especialista americano em UFOs William Birnes. "A história oficial afirma que foi um balão, mas oficiais da defesa antiaérea receberam a informação de que um objeto voador não identificado", acrescentou Birnes em uma conferência realizada justamente em um hotel de Santa Mônica.

crédito: Sony Pictures

Cartaz para o Brasil

Cartaz para o Brasil

 

O painel de especialistas também contou com as participações do coronel Charles Halt e de Mark Easter, diretor de relações públicas da Mutual UFO Network (MUFON), uma organização que compila os depoimentos de pessoas que afirmam ter visto discos voadores em todo o mundo.  Salas, que enfatizou que "não se deve subestimar o poder de desenvolvimento de outras civilizações", apresentou vários documentos do governo americano que demonstram que o tema foi analisado e reconhecido nos círculos militares e entre as autoridades do país. Todos contaram como foram incompreendidos, e até objeto de piadas, quando revelaram suas experiências a colegas do Exército.

"Fico espantado como eventos da vida real terminam pegando nos filmes", disse o produtor do filme, Ori Marmur, que tem orçamento estimado de 100 milhões de dólares. "Para o filme, decidimos considerar que todas as visões anteriores de UFOs, como esta [de 1942], foram missões de exploração, preparando a iminente invasão de forças desconhecidas", explicou o produtor.

Assista ao trailer legendado:

 

Trailer Leg PTB

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s