Os vampiros estão invadindo a crosta terrena

Nos porões da consciência humana, nos arquivos do subconsciente, estão armazenados e latentes, conhecimentos e emoções não domados, ou não perdoados; e uma vez ativados por qualquer acontecimento externo, seja no plano físico ou astral, poderão irromper no consciente, provocando na criatura as reações mais inusitadas ou violentas.

A prática do vampirismo teve o seu apogeu na história da humanidade, durante séculos. Esquecidas pelo homem moderno, mas, como fato real, foi arquivado nos recônditos da alma.

A ativação dos "portais negativos" por onde maciçamente evadem criaturas odientas e cruéis, inclusive os vampiros, para os planos menos densos, invadem a crosta terrena e saciam sua sede inesgotável de sangue.

São cultuados por mentes macabras que desconhecem o seu poder destruidor e frieza de coração, que pulsa graças a energia alheia que tomam para si, à revelia da vontade de quem quer que seja.

Como em todas as situações em que se defronte o mal, o antídoto é a própria reforma íntima, no domínio das emoções, sentimentos e inclinações negativas, aliada ao desenvolvimento da fé que transforma e dá forças à criatura.

Grupo de vampiros libertos dos planos inferiores ataca esta humanidade e tem conseguido fortalecer-se através do estímulo intenso de derramamento de sangue de vítimas, não tão inocentes, mas imprudentes e sem fé.

As diabólicas criaturas associam-se aos "Seres das Trevas, das Confrarias" que atuam na Terra e arrastam milhares de seres a saciar seus desejos mortais de sugadores de sangue.

O Exército da Luz tem combatido os vampiros em ações programadas de confrontos e lutas, mas a mente incauta dos seres humanos os tem atraído cada vez mais ao seu convívio, tornando-se presas vulneráveis aos seus dentes afiados.

Infelizmente a humanidade descrê de sua existência e de sua força, porém os atrai com suas ações sanguinárias e cultuando-os em seus corações, pois julgam que os vampiros possuem poder de imortalidade no plano físico e que vivem eternamente onde desejam, ainda possuindo fortunas avantajadas.

Estais a negar o Cristo quando cultuais as Trevas.

Acordai irmãos, reavaliai vossos valores morais e espirituais, elegendo para si a faixa na qual desejais permanecer: direitista ou esquerdista do Cristo Jesus, pois este é o momento de escolha e de exílio.

É dada, nesta hora apocalíptica, a escolha final do destino de vossas almas imortais, ascensão ou queda, exílio ou regeneração.

Todos farão suas escolhas, esteja onde estiver e o Pai que tudo pode, o alçará das trevas para a luz, se assim o desejar.

Albergando no coração o medo e a dúvida a respeito de Deus e Seus Emissários, as criaturas não têm onde buscar forças para combater o mal em si mesmo e na defesa contra os ataques constantes das trevas sobre a humanidade.

Os méritos e deméritos de cada ser, o coloca numa posição mais vulnerável ou invisível às trevas, mas cabe a cada filho de Deus, lutar pela própria libertação dos mundos inferiores para alcançar os planos elevados.

Salve Jesus, nosso Mestre, nosso Guia, que ampara a todos hoje e sempre.

Conde Rochester

GESH – 20/08/2010 – Vitória, ES – Brasil

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s