Sathya Sai Baba

Boa tarde a todos! Sathya Sai Baba ainda é um mistério, pois Deus É e Sempre será O Grande Mistério, pelo menos enquanto não passamos pelas Grandes Iniciações… Eu tive também várias experiências muito interessantes e controversas com Sai Baba até aceitá-lo em meu coração. Há muito que se fala do Mestre, mas o homem ainda não está apto a compreender a grandiosidade do Plano Divino, manifesto na missão do Avatar. Ele é sem sombra de dúvidas, uma Grande Presença, todos ficam extasiados com pelo menos um aspecto de sua história. Pois bem, hoje tenho Swami no meu coração, e gostaria de compartilhar com vocês uma introdução (para os que ainda não conhecem S. B.) sobre essa notável personalidade. Está revestido esse relato de uma visão espírita, porém muito coerente, do senhor Francisco de Carvalho, que comenta também a respeito da experiência de Divaldo Franco com Sai.

Om Sai Ram!

——————————————————————————-

Anualmente, milhões de pessoas vão à Índia exclusivamente para verem, ouvirem e ficarem próximas deste Avatar que atualmente está encarnado entre nós. A maioria dessas pessoas considera uma dádiva poder simplesmente tocar as vestes de Sai Baba, ou a ele entregar uma carta ou bilhete contendo seus pedidos a ele, ou melhor ainda, presenciar a realização de um "milagre" dele. Quanto a conseguirem uma entrevista pessoal com ele, ah, isto seria a benção suprema. Em vários países, os devotos de Sai Baba reúnem-se periodicamente e mantêm instituições específicas para estudarem e difundirem os ensinamentos desse Avatar. Quem é ele? Por que ele é tão devotado por tantos?

——————————————————————————–

AVATAR

Os espiritualistas sabem muito bem!
Avatar é uma criatura divina tal qual nós. Mas a significativa diferença é que nós ainda não fomos, mas ele já foi, merecidamente, promovido ao segundo nível evolutivo, o grau angélico, por ter conseguido obter as três conquistas necessárias e indispensáveis:
Primeira conquista – Libertar-se de todas as imperfeições humanas.
Segunda conquista – Desenvolver, nos níveis exigidos, a Razão e o Amor, que alegoricamente são as "duas asas do Anjo", segundo o Mestre Ramatis.
Terceira conquista – Quitar todos os seus débitos cármicos.
Os Avatares são alunos da Escola da Vida que, anteriormente, graduaram-se num planeta primitivo, como a Terra, no qual cursaram o primeiro grau do seu curso evolutivo.
Como é evidente – Atualmente, eles não têm mais o que aprender nos planetas primitivos, e ao contrário de nós, estão dispensados de lá reencarnarem compulsoriamente. Porém – Como inevitável conseqüência do amor ao próximo que neles é extremamente desenvolvido, os Avatares sempre pedem permissão para voltar a encarnar naqueles planetas primários, sempre com a altruísta missão de ajudar a evolução dos seus habitantes. Sem nenhum exagero, realmente, é uma preciosíssima raridade – e porque não dizer logo que é uma verdadeira benção divina – a encarnação de um Avatar num planeta como a Terra, pelo menos por dois motivos:
Primeiro motivo – Em planetas que estão no nível evolutivo semelhante ao nosso, raramente, muito raramente, se graduam Avatares.
Segundo motivo – Mesmo os Avatares oriundos de outros planetas muito mais evoluídos – os legítimos extraterrestres, por exemplo, Jesus – só têm permissão para aqui encarnarem em plena conformidade com o planejamento sideral para este planeta.
Aqui na Terra, já encarnaram vários Avatares. Neste particular, Jesus foi, e ainda é, o maior deles, como afirma o Espiritismo e confirma o Mestre Ramatis.
Ao contrário do que parece, a identificação de um Avatar encarnado não é difícil de ser feita porque ele será sempre um ser humano completamente fora dos padrões vigentes:
a – Desde a mais tenra idade, ele não cometerá nenhum ato que prejudique qualquer ser vivo.
b – Nunca ninguém dele ouvirá uma inverdade.
c – Ele terá total desinteresse por lucros, vantagens pessoais, sucesso ou fama.
d – Nunca ele terá o menor sentimento de posse porque sempre dará o que for seu ao primeiro que pedir ou precisar.
e – Ele estará sempre disposto a ajudar, seja a quem for.
f – Ele não terá nenhum tipo de atividade sexual porque, há muito tempo, já sublimou o instinto sexual.
g – Se quiser, e principalmente se for do interesse da sua missão, com a maior facilidade ele poderá realizar fenômenos que a nossa ignorância humana considerará "milagres", devido aos elevados conhecimentos que possui, os quais incluem o completo domínio das forças da natureza.
h – A sua pregação religiosa nunca será sectária e nem destinada apenas a um só povo. Ele sempre exortará o amor ao próximo, a paz e a fraternidade universal, e sobretudo o amor à Deus.
i – Ele nunca fundará mais uma religião, embora evidentemente seus seguidores possam fazê-lo, e nunca defenderá um credo religioso exclusivo. Ele será, antes de tudo, ecumênico, universalista e eclético.

LIVRO "SAI BABA, O HOMEM DOS MILAGRES"
Editora Record – 4ª edição

Ganhei um exemplar desse livro
Quem me deu essa obra de presente, fez isto quase solenemente (para minha perplexidade) como quem passava às minhas mãos um precioso tesouro. Li as primeiras páginas. Não gostei. Folheei e li superficialmente o resto.
Minha imediata reação – Quase joguei aquele livro no lixo, de tão indignado que fiquei, porque o autor dizer que Sai Baba é um Avatar, era algo possível, porém raro, que deveria ser analisado com extrema prudência, mas afirmar que Sai Baba é "Deus encarnado" é estória da Carochinha porque Deus não encarna!
— Avatar é a encarnação de um "ex" ser humano que foi promovido ao grau angélico!
Como se tudo isso não bastasse – A maior parte do livro só faz relatar os "milagres" de Sai Baba.
— Ora bolas, um Avatar não encarna para fazer espetáculos circenses!
Dias depois
Calmamente, refleti sobre aquele acontecimento, e o bom senso, fazendo-me reconhecer que eu agira precipitadamente, perguntou-me serenamente:
— Como eu me atrevera a julgar aquele livro se não o tinha estudado atentamente?
Em seguida – Mesmo com aquela sensação interior de quem sabe que vai perder tempo, estudei detidamente aquele livro, apenas para ficar em paz com a minha consciência.
Resultado
Fui obrigado a mudar de idéia! Sai Baba ser "Deus encarnado", é afirmação do autor daquele livro, de acordo com a crença religiosa dos indianos:
— Eles acreditam que um Avatar é realmente Deus encarnado.
Como confirmação – As próprias palavras de Sai Baba, no final do livro, desmentem tal crença infantil.
— A propósito, aqui no ocidente existem várias dessas crenças religiosas infantis: Virgindade de Maria (como se fosse pecado não ser virgem), celibato obrigatório para ministros religiosos (como se sexo fosse pecado), dogmas, mistérios divinos, céu, inferno, etc.
Quanto aos "milagres"
Realmente, eles são muito destacados, mas compreendo que se trata de coerência do autor com o que ele se propõe, como indica o título daquele livro.
— Mas o próprio Sai Baba afirma que os seus "milagres" são apenas os seus "cartões de visita", também destinados a cimentar a Fé em Deus nos seus devotos.
Por outro lado – Está claro que, com seus "milagres", Sai Baba não procura publicidade para si. Por exemplo, há dezenas de anos ele atua na Índia e somente há poucos anos nós, ocidentais, tomamos conhecimento dele, mesmo assim graças ao livro em questão, de autoria do australiano Howard Murphet.
Indubitavelmente
Impressiona a qualquer um os "milagres" de Sai Baba, para os quais o autor fornece nomes, locais e datas, que tornam possíveis as respectivas comprovações.
No entanto, naquele livro, o que me tocou mais fundo foram as transcrições das palavras de Sai Baba, sempre pregando o ecumenismo religioso – e ao mesmo tempo o respeito a todas as religiões – a paz universal, a fraternidade, o amor ao próximo e principalmente o amor à Deus.
Minha conclusão!
O teor da pregação de Sai Baba, aliado aos seus "milagres" e ao seu comportamento ao longo desta vida física, denunciam a sua condição de Avatar.

AVATAR ENCARNADO

Como sabemos muito bem, na história deste nosso planeta primitivo, a presença de um Avatar é fato raro, raríssimo! Maior raridade ainda, e também um privilégio e uma benção para nós, terráqueos, é um Avatar estar atualmente encarnado entre nós.
Sai Baba, é um Avatar atualmente encarnado na Terra, cheio de amor, sabedoria e poderes, à disposição de todos.

DIVALDO FRANCO

Há alguns anos
Ele acabara de voltar da Índia. Numa palestra que fez aqui em Salvador, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em detalhes narrou a recente visita que fizera a Sai Baba, quando não teve a menor cerimônia e nem economizou elogios ao externar a sua profunda admiração por Sai Baba, de quem "falou maravilhas".
Surpresa geral! – Divaldo Pereira Franco, com a honestidade e a coragem moral que lhe são peculiares – aliás, o seu sobrenome "Franco" realmente indica uma das inúmeras qualidades do seu elevado caráter – naquela palestra assistida por centenas de pessoas, narrou os dois seguintes episódios com ele e Sai Baba, o segundo episódio ocorrido há poucos dias, na Índia, e o primeiro um pouco antes, durante as muitas palestras internacionais que acabara de realizar:
O primeiro episódio
Durante aquela maratona de palestras, Divaldo ouvira repetidas e insistentes menções ao nome de Sai Baba, feitas por vários devotos e admiradores desse Avatar, em diferentes países onde ele fizera palestras. Até alguns frasquinhos contendo "vibhuti" e fotos de Sai Baba, ele recebera de presente.
Àquela altura – A sua mente, treinada para enfrentar o "desconhecido" e também para não menosprezar sucessivas e insistentes "coincidências", já o deixava atento, alerta e até curioso para saber quem era esse tal de Sai Baba, que tantos insistiam em lhe dizer que era um Avatar que realizava milagres.
Já era madrugada – Ele estava sozinho, num quarto de hotel em um país muito distante tanto do Brasil quanto da Índia. Ele estava muito cansado, devido às sucessivas palestras e viagens internacionais que estava fazendo. Ele estava quase dormindo.
Subitamente! – Ele foi traumática e violentamente despertado porque teve um forte ataque de angina! Sentindo profunda e aguda dor no seu peito, instintivamente ele segurou uma daquelas fotos que recebera e gritou:
— Sai Baba! Me ajude pelo amor de Deus!
Imediatamente! – Sai Baba se materializou em sua frente e o atendeu, na maior naturalidade, como se fosse um médico qualquer que estivesse fazendo um atendimento domiciliar a um paciente!
O segundo episódio
Após esse fantástico (só fantástico?) acontecimento, tão rápido quanto possível, Divaldo foi visitar Sai Baba, na Índia, para poder lhe agradecer e também o conhecer pessoalmente, dessa vez em situação "normal".
Assim que os dois se encontraram – Imediatamente, Sai Baba sorriu para Divaldo, e lhe disse logo:
— Que bom, meu filho! Este, já é o nosso segundo encontro!
Posteriormente
Para aumento da minha satisfação, tive o privilégio de assistir uma fita de vídeo, gravada por Divaldo, onde ele narrou e mostrou detalhes daquela sua visita a Sai Baba.
Parabéns Divaldo!
Se antes eu já lhe admirava muito, imagine depois daqueles seus extremamente corajosos depoimentos sobre Sai Baba.
Hosanas ao Espiritismo!
Por intermédio de um dos seus líderes mais ilustre, capacitado e querido, reconheceu e confirmou a grande evolução espiritual de Sai Baba. ◙


 

JAYA JAYA HE SATHYA SAYI MAHESVARA DEHI RATIM TAVA PADA YUGE // OM SRI SAI RAM

Um comentário sobre “Sathya Sai Baba

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s