Orion-Phoenix, o Planeta Amigo

Irmãos, essa é uma mensagem recebida pelo Grupo de Estudos Ramatis de Vitória ES, que são incansáveis trabalhadores da Senda do Mestre Jesus, orientados pelo também Instrutor do Mundo, Ramatis. Passa da hora de conscientizar a Humanidade no sentido de esclarecer sobre a natureza dos extraterrestres que trabalham no Planeta Terra. Esse é o slogan para a Consciência da Nova Era. Bom proveito. Paz e Luz. Rodrigo =D

 

Publicada em 26 de Julho de 1999

 53 – Os Extraterrestres e Nós, Vol. 1

Orion-Phoenix, o Planeta Amigo

Tomei conhecimento da existência desse planeta e dos seus habitantes, quando li uma entrevista concedida por João Pio de Almeida Prado à revista Planeta.

Interessei-me pela matéria, pois desde 1949 pesquiso o assunto, ou seja, a visita de seres extraterrestres ao nosso planeta. Tempos depois, através da própria revista que gentilmente me forneceu o endereço do entrevistado, consegui enviar-lhe uma cartinha.

Os meses se passaram a resposta não chegou e eu me esqueci do assunto, absorvida pela rotina cansativa do cotidiano.

Um dia, e esse dia feliz era 11 de novembro de 1982, quando voltava do serviço para casa, no ônibus, de maneira instantânea, sem associação de idéias, lembrei-me dos extraterrestres de Orion e da carta enviada ao João Pio. A lembrança simplesmente surgiu em minha mente como um pisca-pisca de vagalume no escuro, ia e voltava sem abrir espaço para alguma divagação que costumo desenvolver quando viajo de ônibus. Isso me intrigou bastante.

O ônibus prosseguia viagem, parando em todos os pontos naquele sobe e desce de passageiros e eu aflita que chegasse o meu para "voar" para casa, pois tinha certeza – não sei por que tanta certeza – de que iria encontrar a carta-resposta. Afinal cheguei em casa e, como de hábito, fui direta à caixa de correspondência, só que desta vez muito ansiosa. Será que minha intuição está certa?… Perguntava para mim mesma, enquanto abria o portão, com o coração aos pulos e logo após a portinha da caixa.

Oh, maravilha das maravilhas!… Lá estava ela me esperando. Sinceramente, a emoção foi tão grande que as lágrimas me vieram aos olhos de tanta alegria; me via na posição de adolescente dos anos 30 recebendo cartinha de declaração de amor do primeiro namorado – diga-se de passagem, namorado à antiga.

A essa altura o leitor estará pensando, tudo isso por causa de uma carta? E eu respondo: claro que sim. Toda aquela situação servia para constatar duas assertivas importantes para mim:

1 – que para nossa mente não existem barreiras no Universo, a sua maior ou menor plenitude depende da força do impulso que foi projetado o pensamento.

2 – que a minha intuição estava certa.

Na carta ele me enviava um mantra que lhe foi ditado por aqueles Seres que são muito evoluídos em relação a nós, pedindo-me que o divulgasse. Não perdi tempo, procurei a gráfica de um casal amigo obtendo de graça 500 cópias que foram distribuídas ao longo de algum tempo, entre amigos, parentes, colegas de serviço e pessoas que na época freqüentavam o Grupo Espírita Servos de Jesus.

No dia seguinte, 12/11/1982, era dia de reunião do Grupo de Estudos Ramatis; estas reuniões são como um refrigério num dia quentíssimo de verão. Dá para se notar a alegria estampada nos semblantes dos componentes do Grupo.

Da nossa casa até o local da reunião eu caminhava mais ou menos 25 minutos, subindo e descendo pequenas ladeiras e, nesta marcha lenta, eu ia pensando o tempo todo nos Seres de Orion como se eles, de sua nave espacial, estivessem me acompanhando. Por incrível que pareça, mais uma vez, o meu 6º sentido ou intuição ou pressentimento ou uma outra denominação qualquer, a verdade é que, mais uma vez, eu acertei, tendo a confirmação do fato no decorrer da reunião.

Eis o diálogo entre o médium e os Seres de Orion:

Pergunta – Oh! Vocês estão aí?

Resposta – Graças a Deus.

Pergunta – De onde são vocês?

Resposta – Orion-Phoenix…

Pergunta – Por que vieram aqui?

Resposta – Faz-se necessário implantar com urgência um Plano de Paz e para isso instituímos a corrente recebida pela irmã presidente. Exercitem-na.

Pergunta – Por que está havendo obstáculos para o médium transmitir suas palavras através da psicofonia?

Resposta – Porque isso é comum, apesar dos nossos esforços. Identidade psicométrica insuficiente.

Nota: As perguntas acima foram feitas mentalmente pelo médium que havia percebido a presença de irmãos extraterrestres em nosso recinto. Em seguida, o médium nos disse: Eles estão à disposição para fazermos perguntas. Como nós não contávamos com tamanha dádiva, ficamos com cara de bobo, um olhando para o outro, sem saber o que perguntar. Finalmente, eu consegui sair daquele impasse e perguntei o que se segue:

Pergunta – Qual a tarefa destinada ao Grupo de Estudos Ramatis quando foi criado no Plano Espiritual?

Resposta – Aguardai instruções pormenorizadas. Podemos adiantar que muito trabalho está reservado a este grande Grupo (bondade d`Eles). Tarefas somente realizáveis para aqueles que conseguirem manter a serenidade nos momentos de maiores provações. Serviço para almas capazes de abandonar todas as preocupações materiais e se dedicarem ao serviço do próximo. Enfim, trabalho árduo.

Pergunta – A que planeta o irmão pertence?

Resposta – Veja a resposta nº 2. Confirmâmo-la: Orion-Phoenix.

Pergunta – De que natureza são os nossos irmãos da Grande Fraternidade Branca Universal? Encarnados como nós, ou já vivem noutra dimensão?

Resposta – Existem os dois casos. Considerem também que os espíritos ao progredirem atingem um ponto tal que matéria e espírito se confundem, e não existe explicação na terminologia terráquea que os possa fazer compreender este estado.

Pergunta – O que aconteceu com nossos irmãos extraterrestres que se encontravam "presos" na região dos Grandes Lagos, no Hemisfério Norte há meses atrás e que nos pediram ajuda?

Resposta – Receberam também o socorro de irmãos do planeta de origem e conquistaram a liberdade. As vibrações emitidas por todos vocês no momento final da reunião, confirmam a importância da atuação do Grupo. Aguardavam eles a oportunidade para agradecer-lhes, assim como já o fizeram a outras fontes que os ajudaram. São imensamente reconhecidos pois foi de muita utilidade tanto para eles como para vocês.

Pergunta – Qual a possibilidade de um contato físico entre os irmãos e o nosso Grupo?

Resposta – Na impossibilidade de se efetuar contatos físicos, continuamos em sintonia nos seus momentos de desligamento no corpo físico, o que lhes causa algumas vezes a sensação de grande responsabilidade para conosco.

Nota: Comentamos entre nós, e Eles ainda sintonizados conosco, da possível presença de um representante da Frota Celeste de Ashtar Sheran em nosso Grupo.

Resposta – Estão constantemente à procura de alguém dedicado para, de uma forma ou de outra, despertadas as idéias, ajudar-lhes na prática.

Não deixem o Grupo se desfazer. Unam-se em nome do Mestre.

Paz aos homens do Planeta Terra.

Mensagem dos Irmãos do Planeta Orion

(sem assinatura)

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s